NOVO SISTEMA EXERCERÁ RIGOROSA FISCALIZAÇÃO NOS RECOLHIMENTOS DE CUSTAS EXTRAJUDICIAIS

“Sistema de Recolhimento das Custas Extrajudiciais inicia projeto piloto no Estado de SP 

Publicado em: 13/12/2017

Comunicamos que, atendendo a demanda da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo (CGJ-SP), a ANOREG/SP, o SINOREG/SP, a ARISP, a ARPENSP, o CNB-SP, o IEPTB/SP e o IRTDPJ/SP estão em fase final de desenvolvimento de sistema de apoio à fiscalização dos recolhimentos das custas relativas ao ESTADO, IPESP, SANTA CASA, TJ/SP, MP/SP e Fundo do Registro Civil.

Para que o sistema esteja em pleno funcionamento quando da sua exigibilidade pela Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo (CGJ-SP) são necessários inúmeros testes objetivando minimizar eventuais erros ou incorreções.

Por esta razão, desde segunda-feira (18.12) todos os Cartórios já estão aptos a utilizar o sistema. O formato é simples, bastando lançar os dados e, depois de pagas as guias, anexa-las ao programa. Após os primeiros testes, será disponibilizada uma versão automatizada do sistema.

Para acessar basta entrar no site da ANOREG/SP www.anoregsp.org.br, na aba “Sistemas” e “Recolhimentos/Emolumentos”, usando o número CNS como login e a senha (anoreg do oficial).

O Sistema Recolhimento irá comparar os valores pagos da guia com os valores declarados e as inconsistências serão apontadas e informadas por e-mail ao Cartório.

Reiteramos a importância de que todas as unidades façam os testes no Portal e enviem suas críticas e sugestões de aperfeiçoamento, a fim de que no momento em que o sistema se torne obrigatório todas as incorreções estejam sanadas.

ANOREG/SP enviará, em breve, um manual de utilização do novo sistema.

Em caso de dúvidas a ANOREG/SP está à disposição através do telefone: (11) 3111-6363.”

(noticia publicada no site da ANOREG/SP)